CURSOS • FORMAÇÃO • QUALIFICAÇÃO • MENTORIAS • LIVES

Inscrições gratuitas

Prestação de contas (LIC e FAC)

Facilitador: Cláudio Chinaski


Diretor de teatro e tv, dramaturgo, roteirista, fotógrafo e produtor cultural, fundou o Espaço Cultural Mosaico, do qual foi diretor, curador e coordenador cultural. Realiza a gestão artística e administrativa do Instituto Lumiar, com projetos nas áreas de formação cultural para crianças e jovens em situação de risco social em Planaltina, Sobradinho, Recanto das Emas e Águas Lindas de Goiás. Concebe, formata e gerencia projetos artísticos e sociais e ministra cursos de formatação de projetos para convênios diretos, patrocínios ou utilizando as plataformas SalicWeb e Siconv.

Sobre o curso


O curso busca preparar os participantes para a realização de prestação de contas de projetos culturais incentivados através do FAC – Fundo de apoio à cultura do DF e LIC – Lei de incentivo à cultura do DF. Aborda todas as etapas de execução do projeto, apresenta o processo de prestação de contas dentro das legislações específicas para o setor e das perspectivas de atuação no mercado cultural do Distrito Federal.

Data: 08, 15 e 22/05/2021
Horário: 10h às 12h

Inscrições encerradas

Realização

instituto Janela

Produção

beco da coruja

Fomento

gdf

Território Criativo

Nova Temporada

A Nova Temporada do Território Criativo dedica-se a promover qualificação para artistas, empreendedores e agentes culturais do Distrito Federal, por meio de uma ampla oferta de encontros formativos tanto virtuais como presenciais. Como descentralizar é uma das palavras de ordem, as ações serão voltadas, principalmente, para quem atua e reside fora do Plano Piloto.

Entre março e julho de 2021, diversos cursos, mentorias, oficinas e lives serão oferecidos gratuitamente a quem se interessar por adquirir conhecimentos específicos de diversas áreas da economia criativa. O projeto está estruturado sobre cinco eixos:

  • Produção Cultural;
  • Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia;
  • Acessibilidade;
  • Bastidores;
  • Imersão Musical.

O objetivo é capacitar o público-alvo para enfrentar o novo presente com um olhar voltado para o futuro: investigar novos caminhos, adaptar, fazer diferente e criar uma nova perspectiva. A proposta busca potencializar as condições de sustentabilidade, considerando o atual cenário de avanço das tecnologias digitais, que vêm introduzindo outros modos de criação, de distribuição e de consumo de cultura, demandando profissionais capazes de lidar com novos desafios.

A formação será ministrada por uma equipe multidisciplinar de diversas áreas, atuante em todo o Brasil, com o propósito de ampliar a visão estratégica dos participantes quanto à dinâmica da economia criativa. Trata-se de uma imersão em sua realidade, por meio da difusão de informação e do estímulo ao empreendedorismo no Distrito Federal.

O Território Criativo - Nova Temporada é realizado pelo Instituto Janelas da Arte, Cidadania e Sustentabilidade, produzido pelo Beco da Coruja, em parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal através do Termo de Fomento (MROSC) N.º 56/2020.

História

O Programa Território Criativo, instituído por meio da portaria nº 251/2017, consiste na atuação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF para oferecer uma agenda integrada à economia criativa do Distrito Federal. Tem como objetivo fortalecer cadeias e arranjos produtivos intensivos, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico sustentável e integrado da economia local. Por meio de seus eixos de ação, o programa desenvolve recursos e processos formativos voltados para a criação de competências técnicas e gerenciais, o fortalecimento de arranjos produtivos e de mecanismos de apoio financeiro, a difusão de dados, informações e tecnologias, e a promoção de um ambiente de negócios propício ao desenvolvimento estruturado do mercado criativo local.

Facilitadora: Daniele Torres

Daniele Torres é museóloga, com pós em história da arte, gestão cultural e comunicação empresarial. Foi gestora de patrocínios da Vale e coordenadora de projetos da Fundação CSN. Atua há 23 anos com leis de incentivo e captação de recursos. Gestora de projetos e consultora de Investimento Social Privado, é sócia da Companhia da Cultura e do Cultura e Mercado. Foi diretora do Instituto AES. É Conselheira da Comissão de Direito das Artes da OAB-SP.

Captação de Recursos

O curso é um guia rápido para quem precisa comercializar projetos e programas culturais, trazendo conceitos básicos para guiar seu plano de captação, do planejamento à conquista. Com foco prático, auxilia a ampliar o olhar sobre as diversas fontes de financiamento, elaborar projetos e planos de cotas, prospectar e negociar com potenciais patrocinadores.